17 de novembro de 2010

Como proceder? - Cinema (parte 1)

Conforme prometido, começo aqui a série de posts sobre a antropologia da ida ao cinema. Seja com o broto ou com a galera, definitivamente, há alguns cuidados a serem tomados pra evitar que esse singelo programa se torne um fracasso. As "regras" aqui citadas vão abranger desde a ideia de sair até a porta do estabelecimento. Acompanhem:

REGRA 1 – Da concepção

Planeje a saída com o mínimo de antecedência e certifique-se da disponibilidade do(s) outro(s), até porque, dependendo da ocasião, o cinema pode servir como programa preliminar pros envolvidos. Geralmente o filme, a hora e o local são definidos aqui, o que nos poupa de trabalho posterior. Sendo assim, verifique os horários corretos das sessões e programe-se em torno da que você pretende assistir. – essa regra é genérica e serve também pra quem vai sair com os amigos.

REGRA 2 – Da escolha do filme

Caso nenhum filme tenha sido escolhido na etapa anterior, é obrigatório fazê-lo agora. Apesar dessa ser uma decisão capaz de influenciar no andamento e no sucesso da empreitada de ir ao cinema, muita gente a negligencia. Por isso, escolha um filme de acordo com as intenções e com a companhia:

- Gêneros legais de ver com a galera: Qualquer besteirol, terror, ação, etc. Aqui não há restrições e praticamente tudo é válido.

- Gêneros legais pra ver com o broto: Se o interesse é só aproveitar o escurinho pra beijar na boca e afins, vale a regra da galera. Agora, se ambos quiserem aproveitar o entretenimento que uma película pode trazer, vale a pena optar por comédia romãntica, suspense, fantasia, etc.

Evidentemente esta regra é flexível por envolver gostos pessoais. O que deve ficar claro é que a escolha do filme é primordial pro programa ser bacana. Logo, as partes devem escolher conscientemente o que querem ver e, se possível, deixarem claras as intenções e vontades antes de tudo.

REGRA 3 – Evite atrasos

Regra básica e essencial em qualquer evento. Dispensa maiores comentários.
 
REGRA 4 – Evite filas 

Com o advento da internet, pegar fila pra ir ao cinema é imperdoável e coisa de gente desorganizada. Compre o ingresso com antecedência e evite o tormento da bilheteria.

REGRA 5 – Quem paga o que?

Quando se vai ao encontro de alguém do sexo oposto, principalmente, das primeiras vezes, meter a mão no bolso pra pagar alguma coisa pode ser constrangedor. Pra evitar essa sensação, é prudente tentar definir o que cada um vai pagar. Seguem algumas dicas:

- Se as entradas foram pagas por uma pessoa só, nada mais justo que a outra pague pelo menos pela pipoca e o refri. A não ser que isso já tenha sido acordado previamente, considero essa uma conduta justa e de negociação tranquila.

- Se cada um pagou a sua, e ambos fazem questão de pipoca, rachem a conta. Mas atenção: Gentileza aqui é bem vinda. Então, se alguma das partes se prontificou a pagar, basta fazê-lô.

Por hoje é só. Com essas regrinhas, garanto que suas idas ao cinema nunca mais serão a mesma. O próximo post vai tratar da etiqueta do período durante o filme. Aguardem.

5 comentários:

mulherices disse...

Ai, meus sais, fiquei com medo. Nunca em toda minha efêmera existência imaginei que houvesse um protocolo tão complexo para o cinema. Vou imprimir o manual! rs

Adorei o post. Super original, eu achei!

Abraços

Lílian Buzzetto do Mulherices

Silvana Persan disse...

Sei lá, ilustre Orlando... vamos supor q as pessoas marquem seu primeiro encontro num cinema. Isso é um "olá" pra chance de ser o primeiro e o último (salvo pela sua observação de o principal interesse ser aproveitar o escurinho do cinema para beijos e amassos). Acho q cinema não é lugar para primeiro encontro (ói, éu sóu cafóna), cinema é algo q exige uma certa dose de "silêncio íntimo" e silêncio não é legal no primeiro encontro, embora haja quem o veja como gerador de assunto.
Já, qnto ao pagamento, acho bacana, e até certo ponto inteligente, o deixa-q-eu-pago-essa-e-vc-paga-a-próxima (sem insistência, é claro). Além de soar gentil, passa a impressão de q vc quer um segundo encontro.
Qnto a mim, sou da turma do DVD no aconchego do lar, pizza, um vinhozinho...

tt!

bjohnny!

Sarah Casasanta disse...

Ok...Hora de comentar...

Regra 1- Concordo que o cinema é um programa que deve ser planejado com antecedencia, mas não é sempre que a ida casual ao cinema é um fracasso.

Regra 2 - Também concordo que a escolha do filme é importante. Mas eu normalmente não ligo muito pra isso, o motivo é simples, gosto de cinema e vou sempre pra ver o filme. Se quero beijar na boca vou pra outro lugar. Quanto a galera ela tem que ser flexivel na hora da escolha, não é legal ver filme bom com bagunceiro, mas é divertido ver filmes ruins com eles. rs
Se não é bagunceiro é sempre bem vindo...
;)

Regra 3 - Concordo. Odeio perder o Trailer.

Regra 4 - é uma facilidade comprar pela net, mas sempre existira uma fila... Lamento.

Regra 5 - Cada um paga o seu sempre que não haverá constragimento, apesar que eu nunca passei por nenhuma situação parecida. Odeio gente cheia de frescura com relação a quem paga o que. Isso é uma coisa muito irritante... rsrsrs

Enfim essas opiniões são pessoais e vão de acordo com o que eu gosto e o que eu faço. Então é isso aí!

É um bom post... rs
Beijocas
;)

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Marcelo Migliaccio disse...

Conheço um cara que foi num motel com uma baranga e se recusou a pagar a conta. "Vou levar prejuízo duas vezes?", justificou... parabéns pelos dois blogs. Abraço